programa > Notícias > TVE terá quatro faixas de programação diferentes no mesmo canal

TVE terá quatro faixas de programação diferentes no mesmo canal

O presidente da Fundação Piratini, Orestes de Andrade Jr., e Moisés Queiroz Moreira, secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).


A emissora pública será a única do Rio Grande do Sul a ter multiprogramação

 

Baseado no decreto que deve ser assinado nos próximos dias pelo presidente Michel Temer, a TVE será a única emissora do Rio Grande do Sul autorizada a ter quatro faixas de programação dentro do mesmo canal. A multiprogramação é um recurso da tecnologia digital, que permite dividir um canal de televisão em até quatro faixas simultâneas, ampliando a possibilidade de oferta de conteúdo para o telespectador. A confirmação do uso da multiprogramação para a TVE foi dada, nesta quinta-feira (22/03), em Brasília, ao presidente da Fundação Piratini, Orestes de Andrade Jr., por Moisés Queiroz Moreira, secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

 

“Este será um dos grandes diferenciais do novo projeto de gestão sustentável que estamos planejando para a TVE. Na prática, teremos quatro canais em um só, o 7.1, 7.2, 7.3 e o 7.4”, afirma Orestes Jr. “A multiprogramacao abre uma nova perspectiva para a TVE. É uma grande revolução para a emissora”, destaca Orestes Jr. O presidente informa que poderão ser criados canais de ensino a distância (EAD), com programação 100% infantil, de esportes amadores, entre outros.

 

A decisão do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, ocorreu após análise técnica do pedido feito pelo Fórum das Emissoras Estaduais Educativas. O atual decreto de número 5.820, de 29 de junho de 2006 não regulamenta o uso da multiprogramação. Com a alteração, todos os Estados, o Distrito Federal, as Fundações Públicas e as Instituições de Educação Superior Públicas que possuam fins exclusivamente educativos poderão utilizar a multiprogramação. Só uma emissora por Estado terá o recurso disponível. “No Rio Grande do Sul, será a TVE”, disse o secretário Moisés Moreira.

 

A multiprogramação não terá custo de implementação. Os estados que têm outorgas para executar o serviço de radiodifusão de sons e imagens em tecnologia digital devem seguir as mesmas normas que regem a programação educativa nos veículos. Hoje, apenas a TV Cultura de São Paulo utiliza a multiprogramação, de modo precário legalmente.



Interações

Poste seu comentário, envie seu vídeo!
Nos ajude a contar histórias mais completas somando o seus conteúdos aos nossos.
Para saber como enviar seu vídeo, [clique aqui].





Copyright © 2009 TVE. All rights reserved.
Designed by Theme Junkie. Powered by WordPress.